No Dia dos Namorados, ofereça curiosidade com os Circuitos Ciência Viva

Declarar o seu amor no cimo de uma falésia, no fundo de uma mina, dentro de uma gruta de morcegos, debaixo de um céu estrelado ou numa subida de rio, de caiaque, é a proposta dos Circuitos Ciência Viva para o próximo Dia dos Namorados (e, na verdade, para todo o anos, porque todos os dias são bons para celebrar o amor, com a sua cara-metade ou com a família inteira).

O Circuitos Ciência Viva trata-se de um projecto de turismo do conhecimento que o desafia a descobrir o país e a viajar com ciência e cultura e uma mala cheia de vantagens e descontos em duas centenas de instituições de ciência, cultura e lazer. Oferecer cartão, um guia e uma aplicação à sua cara-metade no próximo Dia dos Namorados é equivalente a oferecer-lhe 18 circuitos e 54 percursos, todos guiados pela curiosidade.

No Porto, poderá assistir ao nascimento das estrelas em cinema imersivo ou descobrir os segredos da arte, da biologia e da história natural numa casa com jardim. Em Aveiro, há robôs à solta numa antiga fábrica de moagem. Do Norte ao Sul do país, sem esquecer os Açores, os centros Ciência Viva são o ponto de partida.

O guia inclui circuitos de exploração das regiões envolventes, onde poderá usufruir de vantagens em mais de cem parceiros de alimentação e alojamento, para além dos descontos na CP (Comboios de Portugal), GALP e SATA. Contará ainda com mapas ilustrados e interativos para que saibam sempre para onde ir.

Filed under Notícias

Raquel Dias da Silva. Licenciada em Ciências da Comunicação - Área Opcional de Jornalismo e a frequentar o Mestrado em Comunicação de Ciência na FCSH-UNL, gosto de observar, desmontar fenómenos e partilhá-los através de histórias. Apaixonada por jornalismo (sobretudo cultural, ambiental e de ciência), alimento-me do que me faz pensar - teatro, livros e outros quebra-cabeças - e do que me deixa sem palavras - natureza, gastronomia, música e a arte de fotografar.

Comenta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.