Zero Desperdício, um estilo de vida

ph.Lizzie

Todos conhecemos a política dos três “erres”  (reduzir, reutilizar e reciclar). Mas o seu cumprimento é apenas o primeiro passo para um estilo de vida ecológico e há cada vez mais adeptos do movimento zero desperdício. A mudança começa ao estabelecermos metas para a gestão da nossa própria casa e atitudes pessoais.

Para resolver o problema da gestão de resíduos, é preciso mais do que reduzir a quantidade de lixo produzida, adquirir maioritariamente produtos reutilizáveis e reaproveitar ao máximo a energia e as matérias primas gastas.

Bea Johnson, autora do blogue e do bestseller Zero Waste Home, acredita que existem não três erres mas cinco: recusar (refuse), reduzir (reduce), reutilizar (reuse), reciclar (recicle) e decompor (rot). Considerada “sacerdotisa de uma vida livre de desperdício” pelo jornal The New York Times, defende que há uma alternativa para tudo o que é descartável.

Para além de preferir produtos a granel, ir às compras com frascos de vidro (para produtos húmidos, como carne e peixe) e sacos de pano (para produtos secos, como cereais, farinha e açúcar) é um dos truques que utiliza para reutilizar.

ONDE COMPRAR A GRANEL?

Lisboa: Maria Granel — Rua José Duro, 22B (Alvalade).
Porto: Mercearia do Miguel – Rua do Passeio Alegre, 130 (Foz).

Bea convenceu a família a desfazer-se de 80% dos seus pertences, deixou de acumular, limpa a casa com vinagre branco misturado com água e faz os seus próprios cosméticos. Para criar um bálsamo de lábios precisa apenas de cera de abelha e óleo.

Repensar os hábitos de consumo faz parte do processo de mudança. Utilizar o que já está disponível gera menos desperdício. Existem inúmeros produtos que não precisamos de comprar, como todos os detergentes tóxicos que supostamente servem para diferentes tipos de limpeza. Mas partilhar (em vez de comprar mais) é outra solução bastante óbvia. A plataforma brasileira Tem Açúcar?, por exemplo, incentiva o antigo hábito de bater à porta do vizinho para pedir emprestado.

Não é fácil eliminar de uma vez por todas o desperdício. Muitas vezes não podemos controlar o processo, quando nos impõem panfletos através do correio ou imprimem facturas que não nos servem para nada ou outra pessoa desperdiça o que nós fazemos por não consumir em primeiro lugar. Mas há pequenas mudanças que podemos fazer, como comprar uma garrafa de água que enchemos e enchemos e enchemos de torneiras e fontes públicas vezes sem conta, recusar panfletos que sabemos que vão parar ao lixo e que podemos receber por correio electrónico e comprar em segunda-mão. Faz sentido?

LÊ MAIS SOBRE O DESPERDÍCIO ZEROZero Waste HomeThe Zero-Waste ChefGoing Zero WasteTrash is for tossers

OU DESCOBRE OS AUDIOLIVROS PORTUGUESES 
sobre como Portugal não se pode dar ao lixo

OU OUVE A BEA JOHNSON
numa TedTalk incrível
Comprar mais verde ou produzir em casa

Comprar mais verde significa comprar moda ecológica, produtos nacionais e biológicos, em segunda-mão e em lojas de caridade. Se for viável, produzir em casa é ainda mais verde. Produzir o nosso próprio pão, ter um pequeno jardim de salsa e coentros (e tudo o que quisermos, se o espaço o permitir) e até fazer os nossos próprios cosméticos e sabonetes artesanais.

COMO FAZER SABONETES ARTESANAIS

DIY no blogue Joan of July
Receita para sabão de azeite

Em Portugal, é difícil encontrar eco friendly fashion a preços acessíveis, mas os preços só vão começar a baixar se o consumo aumentar.

A moda ecológica representa roupa feita a partir de materiais ecológicos, como cânhamo, algodão orgânico, garrafas de plástico recicladas (PET) e corozo (palmeira nativa das regiões tropicais da América Central e da América do Sul).

Se o preço for impedimento, comprar em segunda mão ou em lojas de caridade é uma alternativa.

ONDE COMPRAR MAIS VERDE?

NATURAPURA – marca ecológica de produtos para bebés [€–€€]
As Portuguesas - marca de chinelos com sola em cortiça [€€]
Organii - cosmética biológica [€–€€]
Ideal&Co - marca 100% portuguesa c/ materiais ecológicos [€€€]
4nature - marca de roupas orgânicas [€–€€]
Vegan Vibe - caixa de subscrição c/ produtos vegan [20,90 €]

Aqui por casa estamos longe de ter um zero waste lifestyle, mas estou cada vez mais interessada no movimento e tenciono começar a fazer um esforço para ser mais verde. Há por aí quem já seja um ninja do zero desperdício ou, pelo menos, um newbie muito orgulhoso?

Comenta