Livros ilustrados para abraçar a natureza

Livros ilustrados para abraçar a natureza Photo by Hello I'm Nik

Abraçar a natureza é importante. Sobretudo se vivemos em grandes cidades e o contacto com o verde das árvores, as cores das flores, as águas a correr livres e o som claro dos animais é escasso ou inexistente. Existem inúmeros benefícios a retirar da harmonia entre o homem e a natureza. Os livros podem ajudar-nos a compreender a importância de nos preocuparmos com o planeta e de interagirmos mais com ele de uma forma natural.

Os benefícios do contacto com a natureza

Há muitas vantagens em nos relacionarmos com a natureza. Caminhar, por exemplo, é um exercício bastante simples, sem quaisquer custos e muito benéfico para quem o pratica.

10 minutos por dia de caminhada é suficiente para fortalecer a musculatura e melhorar o sistema respiratório e cardiovascular.

Mas não só. Quanto mais pessoas caminharem, maior interesse há na manutenção dos espaços verdes nas grandes cidades e menor necessidade em construir espaços como viadutos, estradas e pontes.

Por outro lado, se ao escolhermos caminhar, no caso de pequenos percursos, ao invés de utilizarmos transportes, estamos a contribuir para a diminuição da emissão de gás carbónico e, consequentemente, para o aumento da qualidade do ar.

Para além dos efeitos no organismo, brincar na natureza, por exemplo, estimula a criatividade (o galho que afinal é uma espada ou a folha que é um barco) e as relações interpessoais, entre muitas outras capacidades.

Livros ilustrados para abraçar a natureza

O Rapaz Que Gostava de Aves (e de muitas outras coisas) conta-nos a história de Ricardo, um rapaz que nasceu num planeta ameaçado e que, depois de mandar a reciclagem às urtigas, redescobre a magia da natureza ao cruzar-se com um guarda-rios em pleno voo.

“Quando gostamos muito de uma coisa, queremos conhecê-la melhor. E quando gostamos e conhecemos, passamos a cuidar dela e de tudo o que existe à sua volta, sem pensarmos duas vezes.” – O Rapaz Que Gostava de Aves (Planeta Tangerina)

livros-natureza-o-rapaz-que-gostava-de-aves-supernova

Um Ano Inteiro – Agenda para explorar a natureza convida-nos a abraçar a natureza ao longo de todo o ano. Por exemplo, através da observação do ciclo das plantas e dos animais ou dos passeios mais indicados para cada época e selecionados de acordo com o calendário português.

“Em que semana acordam as joaninhas? Em que semana se podem ver as primeiras andorinhas? Qual a melhor época para escutar o canto noturno do rouxinol? E a brama dos veados?” – Um Ano Inteiro (Planeta Tangerina)

livros-natureza-um-ano-inteiro-supernova

Andar Por Aí segue as aventuras de um rapaz que costuma andar por aí com o seu avô e que, nesse estado seguro mas livre que é andar quase-sozinho, dá passos grandes, outros pequeninos, sempre curiosos, à descoberta de montes de areia, minhocas ou poças de chuva.

“(…) para o rapaz tudo é motivo de interesse, motivo de paragem e espanto.” – Andar Por Aí (Planeta Tangerina)

livros-andar-por-ai-supernova

Vamos lá fora?

Há muitos mais livros que nos ensinam a abraçar a natureza, mas estes chegam para começar. Recomendo, ainda, a leitura do explicador sobre Beachcombing, uma actividade para praticar na praia.

Comenta